Rua João de Ledesma, 300 - São Paulo-SP 11 2691-7537

Detectores de Incêndio

Detectores de Incêndio de Fumaça Ótica

Detectores de Incêndio de Fumaça Ótica (Fotoelétrico)

São utilizados em ambientes onde, num princípio de incêndio haja a formação de fumaça antes da deflagração do incêndio. Assim detecta a fumaça através do princípio de difusão da luz. Entenda mais sobre ele:

O princípio operativo destes sensores baseia-se numa fonte emissora de luz e um elemento foto sensível, arranjados de tal maneira dentro da câmara de detecção que o raio de luz não atinge o elemento diretamente. Quando as partículas de fumaça entrarem na câmara, farão com que a luz seja refletida e chegue no elemento, ativando o alarme.


Detectores de Incêndio Térmico

Detectores de Incêndio Térmico

Instalado em ambientes onde a ultrapassagem de determinada temperatura indique seguramente um princípio de incêndio. Esse tipo de detector reage ao calor respondendo a um ajuste determinado de temperatura. Entenda mais:

O elemento é constituido de uma liga de fusão, que funde a uma determinada temperatura. Quando ativado, o coletor externo de calor do fusível cai provendo uma rápida confirmação visual da operação do elemento.


Detectores de Incêndio de Fumaça Linear

Detectores de Incêndio de Fumaça Linear

Geralmente utilizado em aplicações especiais, a detecção linear pode oferecer uma solução de melhor custo efetivo por ponto de detecção, em áreas de grandes dimensões.

Ele detecta fumaça quando ocorre a presença de partículas e/ou gases, visíveis ou não, e de produtos de combustão, ou a variação anormal de temperatura ao largo da linha imaginária de detecção. Entenda mais:

Dispositivo baseado no princípio de transmissão da luz, constituído por uma fonte separada de luz, que é projetada através da área a ser protegida, incidindo sobre uma célula ou elemento fotossensível.


Detectores de Incêndio de Fumaça de Duto

Detectores de Incêndio de Fumaça de Duto

Esses detectores foram projetados para serem montados dentro dos dutos dos sistemas HVAC (Heating, Ventilating and Air Conditioning.) para monitorar a presença de fumaça no ar condicionado.

Na presença de fumaça, o detector envia um sinal de alarme para a central e/ou ao equipamento de controle, o que provocará o início de ações programadas nos sistemas de manuseio e controle do ar.


Detectores de Incêndio Termovelocimétrico

Detectores de Incêndio Termovelocimétrico

Esses detectores de incêndio são instalados em ambientes onde a rapidez no aumento de temperatura indique inequivocamente um princípio de incêndio. Assim ele detecta a velocidade que a temperatura se eleva. Entenda mais sobre seu funcionamento:

Esse tipo de detector possui uma câmara selada e um diafragma. Um elemento pneumático reage diante a uma mudança rápida na temperatura. Quando isso ocorre, o ar contido no diafragma se expande rapidamente dentro da câmera selada e escapa através de uma abertura calibrada. O aumento da pressão comprime o diafragma, fazendo que os contatos elétricos se toquem para fechar o circuito.


Detectores de Incêndio de Chama (Ultra-Violeta)

Detectores de Incêndio de Chama (Ultra-Violeta)

Esses detectores de incêndio são instalados em ambientes onde a primeira consequência de um princípio de incêndio seja a produção de chama.

Sua instalação deve ser executada de forma que seu campo de visão seja suficiente e não impedido por obstáculos para assegurar a detecção de foco de incêndio na área por ele protegida. Ou seja, ele detecta a radiação ultravioleta gerada pela chama. Entenda mais:

Esse dispositivo é destinado a atuar em uma radiação de energia, dentro ou fora do espectro visível, resultante de um princípio de incêndio dentro da sua área de captação (visão).


Detectores de Incêndio de Gases Combustíveis

Detectores de Incêndio de Gases Combustíveis

São utilizados em ambientes onde aparelhos de gás estejam instalados , ou em ambientes de baixo risco, suscetíveis a infiltrações de gás tais como residências, estabelecimentos comerciais ou prédios comerciais. Conseguem detectar a presença de gases combustíveis, tais como gás natural (metano) e propano. Entenda como funciona:

Está ajustado para gerar um alarme quando é detectada a presença de gases combustíveis, em uma quantidade abaixo de aprox. 25% de nível mínimo de explosão (LEL) destes gases.


Conheça nossas soluções em equipamentos contra incêndio!

Solicite um Orçamento